Diretoria

Diretora

Lúcia Maria Gonçalves Siebra

Possui Licenciatura e Bacharelato em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará – UFC (1985/1986) e mestrado em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo – FEA USP (2000). Professora Associada do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Ceará, Centro de Humanidades onde atuou desde 1992 como docente em cursos de graduação, pós-graduação e supervisora deestágios. Representou seus pares como Chefe de Departamento no período de 2001 a 2003 naquela Universidade.

Possui experiência profissional na área de Administração, tendo atuado como gestora na área de Educação Corporativa na Empresa Oficina de Educação, da qual foi sócia. Desenvolveu também trabalhos em Organizações Cearenses como consultora, especialmente em Administração de Recursos Humanos e Treinamentos Comportamentais, tendo atuado principalmente nos seguintes segmentos: recursos humanos, processos de desenvolvimento profissional, desenvolvimento de lideranças, cultura organizacional, significado do trabalho, entre outros.

A experiência de mercado, a experiência acadêmica, o conhecimento de diferentes ambientes de trabalho e os questionamentos acerca da qualidade de vida dos profissionais nas organizações, levaram naturalmente ao interesse por uma nova área da Psicologia, a Psicologia Ambiental. Assim, a partir de 2003, desenvolveu estudos nesta área, especialmente temas relacionados à apropriação e qualidade de vida na cidade, tendo sido uma das fundadoras do LOCUS – Laboratório de Pesquisa em Psicologia Ambiental da Universidade Federal do Ceará.

Doutora pela Universidade de Barcelona – UB (2012) no Programa de Doutorado Interdepartamental, Espaço Público e Regeneração Urbana: Arte, Teoria e Conservação do Patrimônio, promovido pelas Faculdades de Belas Artes e de Psicologia. Referido programa tem suas bases nos estudos da Psicologia Social, da Psicologia Ambiental, do Urbanismo e das Belas Artes, desenvolvendo estudos, pesquisas e teorias nas temáticas relativas à vida nas cidades, ao desenho urbano e à participação cidadã em suas relações com os espaços públicos urbanos, conservação do patrimônio e arte pública.

Destaque para as seguintes produções acadêmicas: 1. Dissertação de mestrado “Significado do Trabalho: um estudo entre trabalhadores do setor turístico no Estado do Ceará” (2000); 2. Tese de Doutorado “Percepção da Arte Pública da Cidade de Barcelona e seus Significados Simbólicos” (2012); 3. Organização e co-autoria do livro “Espaço Público: diferentes usos e possibilidades”, 2015; 4. Organização e co-autoria do livro “Sertão cultural: memória, identificação e valorização da cultura sertaneja”, 2016.

A partir de julho de 2015, a convite do Governo do Estado do Ceará, é cedida pela Universidade Federal do Ceará (UFC) para assumir a Diretoria da Escola de Gestão Pública do Estado do Ceará – EGPCE, instituição da administração direta do Estado, vinculada à Secretaria do Planejamento e Gestão – Seplag, e que tem como missão “Desenvolver o processo educacional em gestão pública, com vistas ao aprimoramento das competências dos atores públicos, possibilitando a melhoria da prestação dos serviços ao cidadão.”